49411147_359659224613603_7524467031085678592_o

E AÍ, VOCÊ CONHECE A MUSCULAÇÃO FUNCIONAL?

Leitura de 2 minutos
O treinador Mike Lee e seu atleta Marcus Filly foram pioneiros no que hoje é chamado de Musculação Funcional.

Então, você sabe o que é a Musculação Funcional? Iremos explicar nesse artigo.

É uma forma de treinamento que enfatiza a qualidade do movimento, a intensidade excessiva. Movimentos controlados e musculação podem ser usados ​​para ajudar um atleta a cumprir sua função e melhorar seu desempenho. Para os não-atletas, isso os ajuda a ter uma boa aparência.

Existem três etapas que levam ao sucesso no Musculação Funcional. A qualidade do movimento é mais importante do que a quantidade de carga (peso) ou intensidade (trabalho) aplicada. Fique atento, esteja presente! Siga o ritmo, mantenha as repetições, as séries e toda a gama de movimentos, também é importante a quantidade adequada de descanso. Tudo tem propósito.

O estilo de vida deve ser equilibrado. Tudo o que acontece fora do ginásio é importante para o sucesso. Base para um programa de Musculação Funcional.

Como qualquer programa de treinamento de resistência, seu objetivo é usar carga ou peso para aumentar a massa e aumentar a força. Os músculos estão acostumados a lidar com certas tensões e cargas. Quando você aumenta as cargas ou a intensidade, seu Sistema Nervoso Central (SNC) se adapta para lidar com o estresse aplicado a ele, aumentando em força e crescendo em massa.

O que é óbvio é que o Musculação Funcional tem base na metodologia de treinamento da Musculação. Na musculação há foco em faixas de repetições altas, com o objetivo principal de hipertrofia (construção muscular), físico e recuperação. Estes também são usados ​​em um programa de Musculação Funcional
Musculação Funcional também usa treinamento funcional misto, as características desse treinamento incluem:
– Capacidade aeróbica
– Força
– Resistência do peso corporal
– Habilidade de peso corporal
– Treinamento de modalidade mista
– Desenvolvimento de energia

Outro ponto é a conexão mente-músculo. Os atletas aprendem a enviar as mensagens / estímulos corretos para o cérebro em resposta aos movimentos. Afinal, a Musculação Funcional desempenha um grande papel na restauração do equilíbrio e da função, e isso começa com a cura da mente e a conexão com o músculo.

Musculação Funcional também constrói uma resistência muscular dos atletas. Por quê? O alto número de contrações musculares controladas aumenta o tamanho e o número de capilares para os músculos específicos, além de englobar padrões de controle motor e movimentos eficientes. Também aumenta o número de fibras musculares dos atletas.

Com tudo isso dito, você pode ver como a Musculação Funcional pode influenciar seu desempenho no CrossFit e na vida. Aprender a conhecer intuitivamente o estímulo de um movimento e como o seu corpo / músculos deve responder. Também com o aumento do número de capilares em um dado músculo, significa mais qualidades baseadas na resistência, isto é, realizando mais repetições em um AMRAP.

E aí? Curtiu nosso conteúdo? Não deixe de conferir nossos outros posts do blog:

O QUE É CROSSFIT E COMO IMPLEMENTÁ-LO EM SEU NEGÓCIO FITNESS

VAI MONTAR UM BOX DE CROSSFIT?

CONHEÇA O PÚBLICO DO CROSSFIT

DSC_1279-e1527273002717

VAI MONTAR UM BOX DE CROSSFIT?

Cresce todos os anos o número de pessoas em busca de atividades física para melhorar a saúde e emagrecer, também aumenta o público que procura no CROSSFIT os exercícios que as academias tradicionais não oferecem. Essa atitude tem feito empresários brasileiros a apostar em um modelo de negócio com alta rentabilidade, clientela garantida e com exigência de baixo investimento, já que os equipamentos são mais baratos. Sem contar, é claro, a propaganda a favor da modalidade em programas de televisão, revistas especializadas e jornais.
Para se ter uma ideia da força desse mercado há 7 anos atrás quase não existiam box de Crossfit no país, hoje são mais de 1050 afiliados pela CROSSFIT Inc., companhia detentora da marca e treinadora oficial de professores de todas as nacionalidades. O método, sem dúvida, é promissor. Mas, como toda empresa, é preciso entender cada detalhe antes de investir neste mercado. Elaboramos cinco dicas importantes para ter um box de qualidade e rentável.

1 – Investimento
Mesmo sendo mais barato do que o de uma academia convencional, é necessário fazer alguns investimentos para abrir um Box de Crossfit. De início, 70 mil reais em equipamentos para Crossfit, 3 mil dólares com taxa de afiliação e custos variáveis com adaptação do local. Além de espaço físico, é preciso também ter um profissional certificado Crossfit Level One e equipamentos para Crossfit com ótima qualidade. Não se esqueça de fazer um estudo de viabilidade do negócio para mapear se há concorrência na região e qual seria o seu público. Veja onde estão os box de CROSSFIT certificados no país.

2 – Rede de relacionamento
Como todo negócio, a segunda regra para quem planeja montar um box de Crossfit é ter uma rede de relacionamento, com empresários, especialistas e empresas de equipamentos. É essencial conversar com outros empreendedores do setor e buscar consultoria com profissionais comprometidos em elaborar soluções para se adequar ao número de alunos que se pretende atender, espaço físico disponível e possibilidade de expansão futura. O mesmo vale para quem tem academia convencional e planeja investir em uma nova modalidade de treinamento.

CLIQUE AQUI E REALIZE DIAGNÓSTICO E SIMULE CENÁRIOS DO SEU NEGÓCIO FITNESS COM ESSE MATERIAL GRATUITO!

3 – Número de profissionais
Se você não tiver profissionais suficientes para atender os alunos, logo os treinos não atingirão os resultados esperados por quem frequenta as aulas. Por isso, é importante saber quantas pessoas você quer atender por horário. Isso fará com que o box não fique cheio demais ou desorganizado, com alunos fazendo exercícios de maneira errada. A CrossFit Inc. orienta que o ideal é trabalhar com aproximadamente 12 alunos por coach (personal trainner).

4 – Espaço para ter um box de Crossfit
Se o número de alunos é importante, o espaço físico de um box de Crossfit precisa ser planejado com atenção. A modalidade necessita de uma área que possibilite que todos façam os exercícios sem se esbarrar. Segundo Fabricio, CEO da SevenFit, o ideal é de 4 a 6 metros quadrados, essa área pode variar de acordo com o treino do dia. Por isso, é necessário planejar bem antes de definir o lugar. Por exemplo, pense no trabalho que você vai ter se for expandir o box em um local que não suporta mais pessoas. O gasto para a reforma será maior.

5 – Equipamentos de qualidade
Uma das grandes vantagens do Crossfit em relação às academias tradicionais é o preço dos equipamentos. Além de não ser complexa, a maioria dos equipamentos possui um preço mais acessível. A durabilidade depende muito da escolha e da adequação de cada produto para a real necessidade do cliente. A Sevenfit, oferece amplas garantias para os seus produtos, por exemplo. Mesmo com alta durabilidade, é preciso manter a limpeza em dia e lubrificar equipamentos, como é o caso das barras olímpicas para Crossfit.

Quer começar a investir no treinamento funcional ou no Crossfit?
Equipamentos para Crossfit: ANILHAS OLÍMPICASBARRAS OLÍMPICASRIGS E RACKSPISO DE BORRACHA e ACESSÓRIOS.
Veja AQUI os equipamentos essenciais para oferecer exercícios de qualidade e ter mais rentabilidade.

Extras:

ENCONTRE PROFISSIONAIS COM CERTIFICAÇÃO CROSSFIT

ENCONTRE CERTIFICAÇÃO NO BRASIL

SAIBA COMO AFILIAR-SE

Banner-Blog-1

CORONAVÍRUS X MERCADO FITNESS: O QUE FAZER?

Dono de Box de Crossfit, Academia ou Studio Personalizado… você precisa agir AGORA!
 
A crise do CORONAVÍRUS está devastando nossas empresas.
 
Com o fechamento de nossas academias, nossos clientes cancelam ou batem recordes de congelamento de planos.

Se você não agir rapidamente, poderá ter que fechar seu negócio.

Agora não é hora de tentar fazer sozinho.
 
NÃO PODEMOS PERDER TEMPO!
 
Você precisa fazer rapidamente duas coisas:
 
1. Manter sua academia on-line. Não estou falando apenas de executar aulas para seus alunos ativos. Você precisa mudar completamente a forma de como entregar seu serviço para manter seus clientes pagando.
 
2. Divulgue e venda como um louco. Mesmo as melhores negócios do mundo estão perdendo receita. Se você não substituir o faturamento, poderá entrar em um buraco que talvez não possa mais sair.
 
Estamos compartilhando um MATERIAL GRATUITO e nele você fará diagnósticos do seu negócio bem como simular cenários que com com toda certeza te ajudarão a planejar suas ações rumo ao sucesso neste período de crise.
 

E COMO FAÇO PARA GANHAR ESSE MATERIAL?

 
Para receber nosso MATERIAL GRÁTIS CLIQUE AQUI
 
Não deixe de acompanhar nossas redes sociais:
 
FACEBOOK
INSTAGRAM